"há dois modos de escrever. Um, é escrever com a idéia de não desagradar ou chocar ninguém... outro modo é dizer desassombradamente o que pensa, dê onde der, haja o que houver cadeia, forca, exílio."

segue-me.
Sexta-feira, 11 de Março de 2011

irmão e eu #7

obrigada. ♥

 

Nao e um " Gosto de ti ", ou um " adoro.te " ate mesmo um " amo.te " qe chega para dizer o que sinto por ti . Tudo aqilo qe significas, tudo aqilo qe entre nos e magico, tudo o que ja passamos e o que ainda vamos passar . Tudo o que fizemos um pelo outro, todas as nossas brincadeiras, conversas, risadas e.t.c .Tudo isso faz com que eu cada dia que passa te ame mais, e cada vez mais . Tu significas MUITO para mim, nem sabes o quanto .
se algum dia te perder , perder esta amizade tao verdadeira uma parte de mim morre e a outra parte ja mais ira fazer sentido .
Mas eu sei qe nunca me vais desiludir, NUNCA .
SISTERRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR ! (L)

 

(J.P.P)

 

publicado por Takara* às 20:29
link | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Março de 2011

irmão e eu #6

antes de começarem a mandar bocas e a dizer que eu e ele namoramos ou gostamos 1 do outro, leiam bem os textos, ouçam a música e compreendam bem o significado de «amar». não namoramos nem gostamos 1 do outro, somos amigos apenas. já falámos 2 ou 3 vezes disso, é que amo-te também se aplica aos amigos, ou à família. sim gosto muito dele e ele de mim mas como amigos, irmãos. ;)

 

e mais uma vez, amo-te e obrigada por tudo ♥

 

publicado por Takara* às 17:12
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 7 de Março de 2011

irmão e eu #5

simplesmente adoro a tua forma de pensar, a tua forma de ser, a maneira como me fazes sentir, tudo. sinto-me tão protegida só por ter um irmão como tu e quando falamos, é tudo tão, tão, tão bom. consegues fazer com que um sorriso cresça na minha cara, fazes-me tão feliz como um amigo ou até mesmo namorado nunca fez. obrigada por estares comigo em todos os momentos, mesmo muito obrigada. ontem a nossa chamada à noite foi pequenina, mas soube tão bem ouvir-te dizer aquelas coisas, até porque estava super em baixo e foste o único a conseguir mudar isso. muito obrigado por seres um irmão como és.

 

B: tão fofo quando me mandas beijos :o

J:  isso acontece porque te amo mesmo <3

B: omg *-*

J:  não sei porquê, mas adoro dizer que te amo <3

B: então diz :p e eu sei o porquê de cada dia sentir mais que és meu irmão de sangue. estás-te a tornar um verdadeiro irmão, daqueles que nos ouvem, dão abraços e beijinhos na testa. <3

J:  que se preocupa contigo, e que não pode deixar que nada de mal te aconteça <3

J:  amo-te por seres minha amiga, amo-te por me ouvires, amo-te por brincares comigo, amo-te por tudo aquilo que já passámos, mas sobretudo amo-te por seres quem és <3 isto ainda me dá mais prazer de dizer

B:OMG JOÃO *-* um rapaz nunca é capaz de dizer isso sem antes pedir em namoro, foda-se, cambada de falsos

J:  todos os segundos, minutos, horas, dias que passam sinto que a nossa amizade teve um início onde nunca irá ter um fim do que depender de mim isto vai continuar até ao último dia da minha vida <3

B: cada segundo sinto-me mais tua irmã <3

J:  AMO-TEEE SISTER

B: ÉS TÃO TÃO TÃO TÃO QUERIDO. mereces tudo de bom :')

J:  tenho-te a ti não preciso de nada mais (:

B: é tão bom, tão bom, tão bom ter espaço e confiança para falar de tudo contigo, e chegar ao final do dia ainda ter estas conversas <3

J:  não sei mesmo o que dizer. sei apenas que o meu coração precisa de ti para bater sem problemas :$

B: estás tão querido e tão poético :$

J:  eu para ti sou tudo de bom <3

B: por acaso és. se eu te ligar e não te disser nada, dizes-me todas as coisas fofas que vierem à cabeça? *-*

J:  vai ser difícil. porque directamente não sou tão querido. mas eu tento.

B: claro que és querido, só de falares comigo és querido. é tão bom ter uma amizade assim <3

J:  muito bom mesmo. nem sabes o quanto me deixas feliz <3

 

sim, andamos muito poéticos, ahah q:

publicado por Takara* às 13:17
link | comentar | favorito
Domingo, 6 de Março de 2011

irmão e eu #4

J:  amo-te amo-te amo-te amo-te amo-te & amo-te <3

B: fazes-me sentir tão bem

J:  tu também a mim. fazes com que eu tenho um sorriso nos lábios mais do que outra pessoa qualquer. AMO-TE sister <3

 

ps: acham que ando a postar demais? apetece-me mostrar que estou feliz. amo-te irmão (L)

publicado por Takara* às 18:11
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

irmão e eu #3

B: esqueci-me de te dizer 1 coisa

J:  vais-me dizer por voz?

B: vou

J:  fixe :)

B: é algo que já te disse antes

J:  nós falamos tanto. e já me disseste tanta tanta coisa. eu gosto tanto de falar contigo, tanto mesmo <3

B: pois. posso ligar?

J:  força :)

*B: és o melhor irmão do mundoooooooooo.

  J:  tu és a melhor irmã do universo.

  B: tu és o melhor irmão de todas as galáxias.*

B: eu também gosto muito de falar contigo, deixas-me feliz sem que seja namoro

J:  tu também me deixas feliz, muito. mais que muitas namoradas que eu já tive

B: é tão bom ter 1 amizade assim, em que se diz amo-te sem ter problemas disso, que se sorri, que se é feliz. e que tudo isso acontece sem ter de namorar

J:  muito bom mesmo. melhor ainda é já fazeres parte da minha felicidade <3

B: tu não fazes parte da minha felicidade, fazes parte de mim :')

J:  tu és tudo de bom que alguém pode querer. eu tenho a sorte de te ter como irmã. <3

B: eu a-m-o-te melhor irmão do universo.

 

para os que ainda não perceberam, nós não somos irmãos de sangue (e eu sou o B, ele é o J). vou começar a fazer do blog, além do espaço onde estão os meus textos, o nosso pequenino «diário».

 


publicado por Takara* às 16:55
link | comentar | favorito
Sábado, 5 de Março de 2011

irmão e eu #2

J: takaraaaa

B: dizzzz

J: vou jantar. :(

B: :( vai então...

J: I LOVE YOUUU

 

-----------------------------------

 

J: Sabes uma coisa ?
B:diz-me
J: Eu AMO.TE ! (L)
B:És mesmo o melhor irmão do mundo. *-*
J: Tu é que és a melhor irmã do mundo . Ontem, hoje, amanhã & sempre.

 

(esta, que foi a mais fofa, não foi por voz ;c)

 

----------------------------------

 

brother, sempreee trengo c:

publicado por Takara* às 21:46
link | comentar | favorito

olá inspiração!, e apetece-me mudar o blog/ irmão e eu #1

tenho andado sem inspiração para escrever algo de jeito, e por isso, não tenho postado, e o que posto, é antigo. talvez a inspiração tenha ido embora porque estou habituada a criticar tudo a torto e a direito, e agora, não tenho grande coisa para criticar, felizmente. sinto pouco, e o pouco que sinto faz-me feliz apesar de vazia. em parte, revolta-me o facto de abandonar tudo e todos em Aveiro, para me mudar para o Porto, mas ao mesmo tempo estou feliz por ir, porque tenho gente importante lá e que me interessa mais que 10 ou 20 amiguinhos falsos.

 

uma dessas pessoas é o J, desculpa lá ser lamechas mas pelo menos não é como a outra, obrigada (sim, tenho MESMO que agradecer), porque apoias-me quando preciso, ouves-me, e obrigada por também falares comigo de tudo, entre nós sabes que não há barreiras. são pouquíssimos os rapazes que são como tu, que nem sequer é preciso descrever porque sabes bem como são esses rapazes. há sempre um tema de conversa, é tão bom ouvir-te *-* além de me aturares, de brincares comigo, de aturares as minhas grandes pancas. sou a irmã falsa mais sortuda de sempre por ter um irmão assim mas ainda penso naqueles dias que me disseste que me amavas só para gozares comigo :c de facto, és importante, e eu gosto muito de ti. sometimes, i wish you were here.

 

publicado por Takara* às 18:01
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

...

estou aqui deitada, no meio do nada, sem ninguém interessante. então sou apenas eu, e o nada. quem interessa está longe, bem longe. olho para as fotos como quem se tivesse esquecido de algo ou alguém. e até perdi... a infância, e a felicidade. (3.12.010)

não me recordo bem a razão pela qual escrevi isto, mas creio ter uma breve ideia.

a infância chegou, disse olá, ficou, fez feliz durante muitos anos, depois começou a esconder-se e disse adeus. por outras palavras, não achem que por terem amizades de 10, 11, 12 anos, etc, é a melhor amizade de todas. é que serão desiludidos, desiludidos a sério, vai morrer toda a vossa amizade, como flores de jardim sem água, como idosos doentes, como a maré viva, que morre, todos os dias.

publicado por Takara* às 22:25
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 27 de Fevereiro de 2011

escrever (?)

apetece-me escrever mas não sei do quê, porque neste momento tenho um turbilhão de coisas na cabeça. nunca sei para quem escrevo e essa é uma das coisas pelas quais me dá mais graça escrever. posso escrever sobre as piores coisas que passam na minha cabeça, sobre as melhores, sobre as mais monótonas e sobre as que dão mais gosto de ler. posso escrever sobre tudo o que quiserem: círculos, quadrados, triângulos, guarda-chuvas, papéis e folhas, livros, cadernos, música, gatos, cães, leões, elefantes, girafas, lã, folhas secas de Outono, flores desabrochadas de Primavera, árvores despidas de Inverno, grãos de areia quentes de Verão, fotografias, retratos, desenhos, peluches, roupa, acessórios, brinquedos, do Sol, da Lua, DELE... tudo desde a mais simples coisa à mais complexa.

escrever tornou-se no meu [segundo] vício, o meu passatempo, a minha forma de expressar o que sinto sem ter que falar, directamente, com alguém, escrever é o meu [segundo] bem, escrever sou eu porque o que está escrito sou eu, o meu coração, a minha cabeça, a minha alma, escrever é ter alguém que nos leia o pensamento, escrever é falar sem ter que dizer uma palavra, escrever é gritar alto o que sentimos e o que pensamos sem fazer barulho, escrever é reflectir sobre os sentimentos e sobre a vida, escrever é pensar em algo e tentar mudá-lo através de simples ou exuberantes palavras, escrever é tudo para além do imaginável.

no escrever está a nossa vida.

 

p.s.:"o gosto pela escrita cresce à medida que se escreve."

p.s.2: amo-te namorado, mal posso esperar pelo momento em que vamos estar juntos [quase] todos os dias!

sinto-me: escritora
música: The Kooks- I already miss you
publicado por Takara* às 19:14
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

sabes que sim

todos têm coisas más e boas. e há sempre alguém com quem nos damos melhor. ao início éramos os 2 completamente desconhecidos, sei bem que tentaste que isso não acontecesse, mas eu não deixei. desde há um tempo para cá que nos começámos a dar bem, extremamente bem. nunca irei esquecer nada, desde o 1º olá ao último amo-te. só estou a escrever isto para que saibas bem o que realmente és para mim. vai ficar tudo bem guardado cá dentro, o bom e o mau.

 

à primeira vista não gostei nada de ti, nada mesmo. mas agora tenho medo de te perder. não consigo imaginar isso sequer.  mas é bom saber que, todas as vezes que nos chateamos, passado 5/10 min já estamos bem. eu sei que muitas vezes erro, desculpa, mas todos erram. fizeste-me acordar para a realidade, fizeste-me ver que não devemos julgar pelas primeiras aparências. muito obrigado por todas as vezes que tive o teu apoio e que me fizeste crescer mais um pouco com a tua opinião. tornaste-me menos criança. partilho tudo contigo e [apesar de estar longe de ti todos os dias] és quem eu mais amo. mil obrigados, mas não há forma para te descrever aquilo que sinto num pequeno texto ou em mil palavras mas espero que saibas e entendas.

 

amo-te de todas as maneiras, até ao inimaginável, sempre ♥

 

sinto-me:
publicado por Takara* às 11:29
link | comentar | favorito
Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

tttttttt

ao longo do tempo, conhecemos pessoas, uns ficam para trás e outros acompanham-nos durante muito tempo. entre esses que acompanham, há 1 pessoa que está sempre comigo. apoia-me e faz-me rir, não só nas piores, mas em todas as alturas. que há para dizer? não muita coisa porque, sabemos muito bem, que só o tempo dirá o que vai acontecer amanhã. duvido muito que aconteça algo mau em relação a nós, aliás isso nem sequer me preocupa porque sei como és e como somos 1 com o outro e até agora nada aconteceu de mal, portanto, em mim não vive medo, e sim uma certa 'segurança'. obrigada, obrigada, obrigada e obrigada por isto, pela ligação, pela amizade, pelo apoio, por tudo.

gosto muito de ti, pai. ♥

 

 

música: Daughtry- Call your name
tags:
publicado por Takara* às 20:43
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 19 de Fevereiro de 2011

friendship

a meu ver, a maior parte das amizades tem 3/4 etapas;

 

1ª etapa: o conhecimento. aqui é quando conheces aquela pessoa, que te parece a melhor do mundo. não discutem, não se zangam, estão sempre '1 ao lado da outra'. passa algum/muito tempo sem nada de mal acontecer. confiam uma na outra para tudo, riem e choram de tanto rir, pronto já perceberam qual é a ideia.

 

2ª etapa: a zanga. aqui descobres quem é realmente essa pessoa. discutem e não se falam mais, esquecendo-se (talvez) uma da outra.

 

3ª etapa: a lembrança. parabéns, lembraste-te dessa pessoa. aqui há 2 hipóteses de acontecimento; a 1ª é que falas-lhe e ela responde-te e voltam ao normal. a 2ª é que falas-lhe e és completamente ignorado e então, ao fim de algum tempo a tentar, desistes dela (e é o fim).

 

4ª etapa (opcional): o fim. caso na 3ª etapa tenhas conseguido realizar a 1ª hipótese, acabarás um dia por esquecê-la apesar de terem voltado a falar. e nunca mais se falarão.

 

ps: baseado em factos reais!



publicado por Takara* às 13:54
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

porquê?, desculpem a ausência

as saudades. sempre as mesmas, tão frias. arrancam-nos pedacinhos de alma à medida que vivem em nós. sempre. eram tão desnecessárias, ninguém precisa delas. mas também não se pronunciam sobre elas e sabem melhor que eu que elas estão apoderadas de vocês todos! é uma luta 1x1 em que elas poderiam perder e morrer. ainda assim ninguém se daria ao trabalho de lhes ganhar, de as eliminar, de as pontapear, de as esmurrar. é mais que um medo para muitos. para mim, inclusivamente. as saudades serão um peso que carregaremos nas costas para sempre se não mexermos a mínima ponta do dedo. meu deus, é tudo tão complicado. porquê?

 

publicado por Takara* às 21:36
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

aviso.

este é o meu blog. logo, os conteúdos e fontes são meus e minhas. logo, pode ferir mentes sensíveis. :)

publicado por Takara* às 23:43
link | comentar | favorito

isso

rapazes. gostam tanto de abusar, e depois nós temos que ficar quietas. tenho que me começar a revoltar a ver se algo muda. metem-me nojo, todos ou a grande parte deles. tens bastante sorte se eu decidir dar-te outra oportunidade. além das outras vezes, abusaste demasiado agora. não é demais? para que andaste a gozar comigo quase 1 mês? bastava um não e eu afastava-me. um dia serei eu a gozar contigo, quando não tiver mais nada para fazer. vou conseguir esquecer este sentimento e dirte-ei então amo-te por simples gozo. vou-te levar à loucura, vais querer largar-me e não vais conseguir. vou ficar com tudo o que é teu e então voltarei ao que sou. ou então, simplesmente ficarás sozinho e eu vou-me deixar de preocupar contigo. usas e abusas de mim como quem não tem vida, dizes amo-te simplesmente por dizeres. dá-me raiva e um certo gozo. não me deixo mais levar. queres-me? ou sim ou não. talvez está fora de questão.

sinto-me: enjoada
publicado por Takara* às 21:24
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

talvez sim

não consegues perceber? acabou, é demasiado. abusaste, deixei-te passar a linha. sempre exigiste o melhor de mim e eu nunca pude exigir o melhor de ti. se exigisse levava com os pés. fartei-me, juro-te. é engraçado como a maturidade não varia de idade para idade, mas de pessoa para pessoa. ser quase um adulto e ter, numa escala de 0 a 10, 2 ou 3 a mentalidade e/ou maturidade, é extremamente fúnebre. acho que acima de pensares nos outros deverias pensar nos teus actos. nojo, adoro esta palavra. és como o vento, passa e é impossível de agarrar. sempre pensei que um dia, voltasses a dar-me mais valor. enganei-me como talvez me engano sempre. podia-te levar a conhecer/recordar o máximo de bom, mas não deixaste.

publicado por Takara* às 14:02
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Fevereiro de 2011

abusas

abusas, metes-me nojo. talvez metas a todos ou talvez não metas aos que também são nojentos. raiva. tens a mania que tens o rei na barriga, mas enganas-te, ninguém o tem. como é que é possível tanta gente cair nas tuas manhas? são todos uma cambada de ignorantes, cegos. também quero ser assim, estalar os dedos e ter tudo a meus pés.

publicado por Takara* às 23:06
link | comentar | favorito
Em destaque no SAPO Blogs
pub