"há dois modos de escrever. Um, é escrever com a idéia de não desagradar ou chocar ninguém... outro modo é dizer desassombradamente o que pensa, dê onde der, haja o que houver cadeia, forca, exílio."

segue-me.
Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

sabes que sim

todos têm coisas más e boas. e há sempre alguém com quem nos damos melhor. ao início éramos os 2 completamente desconhecidos, sei bem que tentaste que isso não acontecesse, mas eu não deixei. desde há um tempo para cá que nos começámos a dar bem, extremamente bem. nunca irei esquecer nada, desde o 1º olá ao último amo-te. só estou a escrever isto para que saibas bem o que realmente és para mim. vai ficar tudo bem guardado cá dentro, o bom e o mau.

 

à primeira vista não gostei nada de ti, nada mesmo. mas agora tenho medo de te perder. não consigo imaginar isso sequer.  mas é bom saber que, todas as vezes que nos chateamos, passado 5/10 min já estamos bem. eu sei que muitas vezes erro, desculpa, mas todos erram. fizeste-me acordar para a realidade, fizeste-me ver que não devemos julgar pelas primeiras aparências. muito obrigado por todas as vezes que tive o teu apoio e que me fizeste crescer mais um pouco com a tua opinião. tornaste-me menos criança. partilho tudo contigo e [apesar de estar longe de ti todos os dias] és quem eu mais amo. mil obrigados, mas não há forma para te descrever aquilo que sinto num pequeno texto ou em mil palavras mas espero que saibas e entendas.

 

amo-te de todas as maneiras, até ao inimaginável, sempre ♥

 

sinto-me:
publicado por Takara* às 11:29
link | comentar | favorito
Em destaque no SAPO Blogs
pub